Bebida Alcoólica e Cigarro – Visibilidade Zero

Atividades

Postados por em jul 24, 2015

No dia 30 de novembro de 2015, às 14h, realizou-se uma Tribuna Popular na Câmara dos Vereadores de Porto Alegre, onde foi apresentada a ideia “Bebida Alcoólica e Cigarro: Visibilidade Zero!” aos vereadores. Ela foi um enorme sucesso! Estamos com, no mínimo, o apoio de 10 vereadores de Porto Alegre para nossa Ideia! Nós vamos vencer! Reuniões com a Secretaria de Saúde de Porto Alegre O Projeto Visibilidade Zero! está tendo reuniões mensais com a SMS/POA que vem demonstrando interesse em incorporar alguns elementos do Projeto em suas atividades de cuidados com as crianças e menores de 18 anos quanto à visibilidade de cigarro e bebidas alcoólicas, tanto do produto em si quanto do incentivo ao seu uso, seja sob a forma de publicidade, seja na forma de exposição dessa drogas lícitas. A meta é que o consumo de cigarro seja abolido no menor tempo possível e o consumo de bebidas alcoólicas diminua substancialmente, evitando que sejam criadas gerações de alcoolistas, o que já está ocorrendo, principalmente pelo estímulo escandaloso ao consumo de cerveja, associando-o ao sucesso pessoal, sexual, esportivo, material,...

Saiba Mais

Denuncias

Postados por em ago 3, 2016

O agricultor precisa plantar? Está correto, mas tabaco? Envenenar,adoecer e matar seus irmãos? É isso que o Padre, o Pastor, o Bispo, seu líder religioso ensina na Igreja, no Templo, no Centro? É isso que Jesus ensina? É isso que Deus quer para seus...

Saiba Mais

Depoimentos

Postados por em jun 22, 2017

Mandei um e-mail para a Câmara dos Deputados direcionado ao Deputado Moses Rodrigues (PMDB-CE) Segundo o Projeto de Lei 3404/15, o qual reproduzo na integra como conhecimento e possível divulgação, Brincando com o povo Caro Deputado, Venho aqui mostrar minha indignação com referência a forma que o povo brasileiro vem sendo tratado pela INSTITUIÇÃO, INSTITUIÇÃO está que é o esteio de um povo em se tratando de uma DEMOCRACIA, pois a muito tem sido levado a CASA, MATÉRIAS que diante do anseio do povo brasileiro, não está de encontro e nem tão pouco visa o mesmo povo que sonha está politicamente representado. Diante de fatos que enfraquece a esperança e enluta o sentimento de um povo estarrecido por tanta falta de respeito e busca se sustentar diante de tantas mazelas é que faço uma pergunta que muitos brasileiros não têm coragem para fazer que é QUANDO QUE IRÃO REALMENTE TRABALHAR EM FAVOR DAQUELES QUE VOTARAM PARA COMPOR ESSA CASA? Vejo que agora estão desenterrando uma lei que a pouco OS SENHORES disseram que não era mais importante, como que agora sem...

Saiba Mais

Palestras

Postados por em jul 27, 2015

Fórum Social Temático 2016 – Porto Alegre – RS  Apresentação do Projeto “Bebida Alcoólica e Cigarro: Visibilidade Zero!” Palestrante: Mauro Kwitko Data: dia 20 de Janeiro de 2016 (4ª feira) às 13h Local: CMET Paulo Freire, rua Santa Terezinha, 572, Santana (perto do Parque da Redenção no Bom Fim)  Porto Alegre será a primeira cidade no Brasil onde, através da aprovação de um Projeto de Lei, as bebidas alcoólicas e o cigarro estarão escondidos dos nossos olhos e dos nossos ouvidos. Nenhuma droga pode estar exposta e vendida livremente e a bebida alcoólica e o cigarro não podem ser exceção. Nunca mais haverá bebidas alcoólicas e cigarro expostos em outdoors, indoors, super-mercados, restaurantes, bares, padarias, incluindo expositores, boxes, banners, balcões, mesas, cadeiras, freezers, em lojinhas de conveniência, em postos de gasolina, em aeroportos, em rodoviárias, em estádios e ginásios esportivos, nunca mais haverá anúncios em rádios, jornais e televisões, os caminhões transportadores dessas drogas para os locais de venda não poderão ostentar em sua carroceria o seu conteúdo, os engradados ou caixas ou pacotes de bebida ou cigarro adquiridos em super-mercados ou...

Saiba Mais

Notícias

Projeto Visibilidade Zero! protocolado na Câmara de Vereadores/Porto Alegre

Foi protocolado na Câmara de Vereadores de Porto Alegre o Projeto “Bebida Alcoólica e Cigarro: Visibilidade Zero!” visando com que em um raio de 500 metros de uma Escola não exista a visibilidade de cigarro ou de bebidas alcoólicas (seja publicidade, seja o produto em si), pois eles são vistos por crianças e pré-adolescentes, que, dessa forma, são induzidos a ingressarem no vício, que, mais tarde, em certa porcentagem, irá estender-se para as chamadas “drogas”, a maconha, a cocaína, o crack, o ecstasy, o LSD e outras cada vez piores, mais químicas, que surgem a todo instante. O vício começa geralmente em casa com os adultos que fumam e/ou bebem na frente das crianças e nas festas familiares, nos condomínios, etc., isso é reforçado pela publicidade (explícita ou implícita pela simples exposição desses produtos em Super-Mercados, bares, padarias, etc. Esse Projeto pretende que isso seja proibido inicialmente nesse raio de 500 metros em torno de cada Escola, aliando-se ao combate às quadrilhas de pessoas afastadas de sua alma que vendem drogas para as crianças e os jovens em troca de dinheiro, infringindo as Leis Divinas, sem perceber o quanto estão prejudicando-se a si mesmos por essa...

A cerveja SKOL está causando doenças graves segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia!

Não beba Skol! A propaganda parou… Por quê? Reparem… A propaganda quase não se vê mais na mídia… Porque será? Estamos repassando o e-mail abaixo para conhecimento e prevenção, principalmente para aqueles que bebem esta cerveja: Skol. Este e-mail está sendo repassado dentro do Hospital que trabalha uma pessoa amiga. O fato já está confirmado: 23 pessoas já passaram pelo Hospital das Clínicas com o mesmo sintoma: falta de atividade renal e o aparecimento de tumores no reto. Todos os internados relataram o começo das dores e a consequente internação após ingerirem altas doses de Skol. Pesquisas realizadas pelo renomado Instituto Fleury, apontaram grande quantidade de Fenofinol, Almeido e Voliteral, substâncias tóxicas e que causam, respectivamente, má atividade dos rins e câncer. Segundo Dr. Paulo José Teixeira, formado pela USP e Especialista em Toxicologia, as pessoas não devem ingerir mais a citada cerveja. A Direção da AMBEV já assumiu sua culpa e prometeu indenizar os pacientes e todos aqueles que venham a se contaminar com a cerveja. Pelo amor de Deus, passem esta mensagem para frente. Pelo sim e pelo não, vamos tentar remediar enquanto há tempo. Lembre-se: divulgue para seus amigos e sua família, é a consciência de cada um que deve decidir, mas a nossa deve estar tranquila. Monique Freitas Sociedade  de...